Nacional

Um prédio incomum, que desperta nossos sentidos

Pra quem curte uma arquitetura diferente e criativa, com certeza achará bastante interessante o conceito empregado neste pequeno complexo de apartamentos em Mitaka, subúrbio de Tóquio. O design colorido e arrojado foi desenvolvido em 2005 pelos arquitetos Shusaku Arakawa e sua parceira Madeline Gin e leva o nome de Reversible Destiny Lofts (em memória de Helen Keller).

Enquanto que a maioria das pessoas escolhe um lar para morar, priorizando o conforto e a comodidade, o conceito deste prédio de apartamentos tem como objetivo estimular os 5 sentidos e revigorar a energia de seus moradores. E isso, vale para as pessoas de todas as idades, desde crianças a idosos.

O prédio “Destino Reversível” foi construído pela Takenaka Corporation e muitos materiais foram utilizados em sua construção como tatami, pedras, madeira, etc. A parte interna dos apartamentos é tão colorida quanto a parte externa e realmente nos convida a entrar nesse maravilhoso ambiente que nos remete à infância.

Internet Móvel

Reversible Destiny Lofts Mitaka 4

Em contraste com as construções tradicionais que visam o conforto, Reversible Destiny Lofts é repleto de detalhes que visam treinar a coordenação e o equilíbrio.

design inovador dos nove apartamentos foram realmente criados para despertar a criança que existe dentro de seus moradores, mantendo-os sempre ativos.

A decoração é repleta de cubos, cilindros e esferas coloridas, tomadas de energia nos tetos, além de painéis nas paredes para escaladas. Outros detalhes que chamam também a atenção é o piso irregular e a ausência de portas e paredes.

Em contrapartida há janelas por toda parte, que permitem a entrada de luz natural e reforça ainda mais sensação de amplitude ao ambiente interno do apartamento.

Shusaku Arakawa é artista e arquiteto e Madeline Gin é poeta e escritora. Ambos moram em Nova Iorque e já são mais de 4 décadas de parceria, onde misturam inspirações artísticas e poéticas para desenvolver projetos com conceitos semelhantes ao Reversible Destiny Lofts (em memória de Helen Keller).

Reversible Destiny Lofts Mitaka fotos

Reversible Destiny Lofts foi dedicado à Helen Keller, uma escritora, conferencista e ativista social americana, que era deficiente visual e auditiva. Se tornou um grande exemplo de superação pois mostrou que é possível obter êxito na vida mesmo sendo portadora de deficiências sensoriais.

Há muitos outros projetos da dupla, incluindo dois parques: “Reversible Destiny”, na cidade de Yoro, em Gifu e “Nagi’s Ryoanji”, localizado no Museu de Arte Contemporânea na cidade de Nagi, Okayama, entre outros.

Reversible-Destiny-Lofts

Arquiteturas incomuns como essa realmente são inspiradoras, mas o melhor de tudo é a filosofia por trás dessa arte, que nos mostra que a chave da longevidade é mantermos o corpo, a mente e o espírito sempre em atividade.

Fonte: Japão em Foco