Celebridades

Shigeru Miyamoto é premiado com mérito pelo Ministério da Cultura do Japão

Shigeru Miyamoto, criador de Super Mario e Zelda, teve sua importância reconhecida pelo Ministério Japonês da Cultura. Seu trabalho com games trouxe visibilidade para o gênero e ajudou a instaurar no país, e no mundo, a cultura dos vídeo games.

Miyamoto se tornou o primeiro do ramo dos jogos a ser reconhecido como uma pessoa de mérito, e confirma seu legado como gênio do entretenimento. “Este é um trabalho no qual não podes fazer tudo sozinho”, reconhece o artista. Miyamoto agradeceu aos amigos e colegas de trabalho. Com simpatia, mostrou-se feliz ao trazer visibilidade para os jogos.

Internet Móvel

Tido como uma das lendas da indústria dos games, Miyamoto foi responsável pela criação de Super Mario Bros, clássico lançado em 1983 pela Nintendo. Passados 34 anos, o jogo continua como uma grande referência para quem se interessa pelo meio e é considerado uma marca dos jogos eletrônicos.

Assim como A Lenda de Zelda criado pelo japonês, em 1986, em parceria com Takashi Tezuka. O jogo se tornou fenômeno mundial e perdura como um dos mais adorados, além de ter alavancado o nome da Nintendo ao redor do globo.

Resistência em se aposentar

Apesar de já ter 66 anos, não está nos planos de Miyamoto se aposentar. Ainda trabalhando para a Nintendo, o responsável também Donkey Kong, acredita que sua função é trabalhar para proporcionar diversão e criar sorrisos nos rostos das pessoas. “Continuarei a fazer tudo o que posso para evitar a aposentadoria. Quero fazer pessoas de todo o mundo sorrir”, admite o produtor.

O prêmio de pessoa de mérito é comumente destinado a personalidades do campo da música, artes e ciência. Em anos anteriores, outros nomes de destaque foram reconhecidos, como: o criador de mangá Shigeru Mizuki, um dos fundadores do Studio Ghibli, Hayao Miyazaki e Leiji Matsumoto, produtor de animes.