Comportamento

A importância de respeitar seu tempo e confiar na intuição

O que fazer quando chegamos a um momento crítico no qual não sabemos que caminho escolher?

Se por um lado pode doer se continuarmos, por outro lado, o mesmo também pode ocorrer se desistirmos. Por isso a escolha fica difícil.

Internet Móvel

Podemos não ter escolhido ter chegado até aqui. Seja em um relacionamento complicado, numa carreira cheia de obstáculos ou uma profissão indesejada, mas podemos tomar uma decisão de seguir, seja desistindo de algo ou continuando.

Infelizmente, você não pode tornar sua decisão menos dolorosa, porém, pode decidir de maneira mais consciente e, acredite, isso já é um grande passo.

Quando você conseguir parar para avaliar tudo que está sentindo, de uma maneira que seus sentimentos estejam mais estabilizados, você certamente conseguirá raciocinar melhor sobre qualquer situação que possa enfrentar.

Devemos sempre dedicar um tempo para refletirmos e gerar algumas perguntas que certamente conseguiremos responder ou chegar a uma conclusão.

Só a resposta vinda do seu interior poderá ajudá-lo.

Pergunte-se, por exemplo, sobre o que o deixa infeliz agora e pense nos reais motivos da sua infelicidade. Outra pergunta que devemos fazer é: “será que eu já fiz tudo que podia sobre isso? Será que vale a pena dedicar mais tempo da minha vida a isso?”

À medida que você vai refletindo, as coisas clareiam na sua mente. Uma vez feito esse exercício, você deve acreditar em todas as respostas que você mesmo(a) encontrou. Você mesmo tem a resposta para tudo aquilo que busca, só precisa de um pouco de meditação para acessá-las.

Busque um tempo para ficar sozinho. Busque um lugar tranquilo. Afaste-se um pouco daquilo que o sufoca. Respeite o seu tempo consigo mesmo.

Você não precisa sair por aí pedindo conselhos, pois é nesses momentos de indecisão que precisamos mais de nós mesmos.

Tente, aos poucos, fazer esse exercício diário, antes de decidir sobre qualquer situação. E acredite na sua intuição, pois ela não costuma falhar.

Feche os seus olhos, sinta o ar entrando em seus pulmões, concentre-se na sua respiração. Depois libere sua mente de todos os pensamentos que o deixam confuso(a). Se você tem fé, use-a. Se você acredita em alguma reza, em uma oração, faça-a. Concentre-se apenas nisso.

Quando você finalmente conseguir o silêncio da mente, naturalmente as respostas virão. À medida em que você se entrega à meditação. Se acha que não tem tempo o suficiente para isso, procure um horário, antes de dormir ou ao acordar. Garanto-lhe que 15 minutos do seu dia poderão libertá-lo(a) da indecisão e tornar seu dia mais leve.