Comunidade

Os ônibus de longa distância no Japão: conheça como são e como usá-los

Saiba as diferenças entre os Ônibus Rodoviários no Japão e escolha viajar com conforto ou economia
Os ônibus de longa distância (ou de alta velocidade) são ônibus que ligam duas ou mais cidades, ou cidades a destinos turísticos, e utilizam rodovias nessas deslocações. Existem ônibus que viajam durante o dia e também aqueles que viajam durante a noite (noturnos).O tempo de deslocação é maior do que de avião ou de Shinkansen, mas o seu preço também é comparativamente mais barato. Dependendo do horário, chega a ser possível viajar de Tokyo a Osaka por 2000 ienes, no entanto, o tempo de deslocação pode aumentar em caso de trânsito, etc.

No caso dos ônibus noturnos viaja-se de noite, chegando ao destino de manhã ou à hora do almoço, acabando por se poupar uma estadia de uma noite com a viagem. Caso pretenda poupar nos custos de viagem, esta será uma boa opção.A maior parte dos ônibus de longa distância fazem pausas em áreas de serviço ou parques de estacionamento. Nas áreas de serviço vendem-se lembrancinhas e especialidades das respectivas localidades, o que possibilita aos viajantes desfrutarem de produtos de locais que não o seu local de destino.

Internet Móvel

Comodidades
Os ônibus utilizados para percursos de longa distância são semelhantes a qualquer outro ônibus vistos de fora. No entanto, no interior dispõem de vária comodidades e consoante as mesmas, o preço da viagem pode aumentar consideravelmente.

Os bilhetes mais baratos são para ônibus de filas de quatro lugares, nos quais existem dois lugares de cada lado e um corredor de passagem no meio, o que faz com que aconteça de alguém estranho sentar-se diretamente ao nosso lado, e os lugares são estreitos. Esta opção é recomendada para aqueles que dão mais importância ao preço do que ao conforto. Existem também alguns ligeiramente mais espaçosos, mas também são mais caros.

Normalmente, a largura dos lugares não muda mas a distância para o banco da frente é maior, o que permite um ângulo de inclinação maior do assento.

Caso pretenda mais conforto, existem também ônibus de três lugares. Estes são um pouco mais caros do que os de quatro lugares, mas também são muito mais espaçosos. Existem dois tipos destes ônibus: aqueles que têm dois lugares de um lado e um do outro, com apenas um corredor a separá-los; e aqueles que têm um corredor a separar cada lugar, o que previne o contacto com a pessoa do lado. Estes últimos são os mais caros. Caso viaje em família ou com amigos, recomendamos o primeiro, no caso de viajar sozinho e não queira ser perturbado, recomendamos o segundo.

Caso pretenda algo ainda melhor do que os ônibus com três lugares, existem também os de dois lugares. O preço pode ser mais do dobro dos de quatro lugares, e embora existam em menor quantidade, o nível de conforto é excepcional. Os ônibus deste tipo podem ter: lugares que se assemelham a uma pequena sala privada, outros onde se pode ver TV, utilizar a Internet wireless, etc. Há também viaturas ou lugares destinados exclusivamente a mulheres, lugares com um espelho para retoques de maquilhagem, lugares com aquecimento, com funcionalidades de massagem, etc. O preço varia consoante haja ou não casas de banho, tomadas elétricas, etc.

Atenção nos ônibus
Seja de dia ou de noite, não é aconselhável o consumo de comidas com um cheiro muito forte, e deve-se também evitar fazer muito barulho. No caso dos ônibus noturnos, principalmente após as luzes se apagarem, não se deve utilizar o celular para não perturbar as pessoas que estejam a dormir. Atualmente, em quase todos estes ônibus, é proibido fumar.

Modo de utilização
Para se utilizar um ônibus rodoviário, é necessário reservar bilhete com antecedência. Na maior parte das vezes as reservas são feitas através da internet, onde se define o ponto de partida, o ponto de chegada, a data, o horário e o lugar dos passageiros. Estão disponíveis sites em inglês, chinês e coreano. Para efetuar o pagamento, podem se utilizar cartões de crédito ou, muitas vezes, é possível efetuar o pagamento em loja de conveniência. Muitas empresas aceitam também reservas pelo telefone.