Comunidade Destaque

Golpe envolvendo a comunidade brasileira chama atenção de autoridades internacionais

Denuncias envolvendo Luis Miranda, começam a se espalhar nas redes sociais. O brasileiro está sendo acusado de estelionatário pelas vitimas.

Conhecido por ser bom de lábia e ostentar nas redes sociais. O brasileiros atraiu investidores em um esquema fraudulento considerado perfeito e acima de qualquer suspeita. Luiz Miranda, usava o poder da palavra e planilhas falsas para convencer as pessoas a entrarem num esquema milionário prometendo lucros incríveis. De acordo com as vitimas tudo não passou de um golpe bem arquitetado, por Luiz Miranda.

Internet Móvel

Para entender melhor assista a reportagem exibida no Fantástico, neste domingo 8/09/2019

Testemunhas contaram, em depoimento ao Fantástico, ter perdido milhares de reais. O programa conversou com 25 pessoas. Um dos entrevistados contabiliza prejuízo de R$ 150 mil. “Minha surpresa é que, de tudo que ele prometeu, nada aconteceu”, diz o homem.

Uma das aplicações dadas como certas por Luis Miranda em vídeos no YouTube era no sistema de Tax Lien, uma espécie de certificado de penhor em condados dos Estados Unidos.

Em outros vídeos, ele pede investidores para serem sócios dele em fundos de investimentos e negócios de compra e venda de carros. Ele ainda vendia cursos on-line para ensinar as pessoas a ganharem dinheiro.

Nas gravações, ele dizia que um investimento de US$ 5 mil poderia ter rendimentos entre 18% e 24%, dependendo da região, ou até mesmo resultar na aquisição de um imóvel. Há, ainda, postagens nas quais ele apresenta maneiras de lucrar 100% “sem sair de casa”: “Isso sim é negócio, gente”, diz o deputado.

Um ex-funcionário de Luis Miranda o acusou, na reportagem do Fantástico, de ter maquiado números para lesar investidores. Segundo o homem, o hoje deputado ficava com o dinheiro alheio para bancar um estilo de “vida luxuoso”.

Veja um dos vídeos publicados pelo deputado no YouTube sobre investimentos nos EUA:

O parlamentar ficou sabendo da reportagem há cerca de 40 dias e alegou sofrer chantagem para que a publicação não ocorresse. Ao Metrópoles, o deputado Luis Miranda se diz vítima de perseguição e negou ter lesado os investidores.

Segundo o congressista, ele mantinha um negócio de locação de veículos nos Estados Unidos e os denunciantes querem prejudicá-lo. Em um dos casos, afirmou, a denunciante “locou um carro por um mês, mas como a família queria voltar ao Brasil, generosamente cancelei o aluguel sem multa e devolvi o dinheiro”.

Sobre o ex-funcionário que também o denunciou, o deputado também alegou que se trata de uma tentativa de ferir a imagem dele. Segundo Luis Miranda, ele realizou um boletim de ocorrência contra o rapaz pelo furto de US$ 300 mil da empresa do parlamentar nos Estados Unidos “no momento em que somente ele tinha a chave e eu já estava aqui no Brasil”.