Nacional

Como usar o banheiro tradicional no Japão

Como usar o vaso sanitário no Japão

No Japão existem dois tipos de banheiros: o estilo japonês e o estilo ocidental. O estilo japonês que é o que fica no chão e muitos estrangeiros de primeira viagem, podem se sentir confusos ao usá-lo pela primeira vez. Esse tipo de sanitário, embora cause estranheza a quem não esteja acostumado, é considerado mais higiênico.

Para utilizá-lo, a pessoa deve ficar de cócoras, cuja posição pode ser desconfortável para muitas pessoas, mas em contrapartida, nenhuma parte do corpo do usuário fica em contato com o vaso. Mesmo que você prefira o banheiro ocidental, saiba que uma hora ou outra poderá ter que enfrentar esse tipo de vaso tradicional, então nada melhor do que aprender a usá-lo corretamente.
Como usar o banheiro no Japão 1

Como usar o vaso sanitário tradicional japonês

Esse estilo de vaso é considerado o vaso típico japonês e embora gradualmente venha sendo substituído pelo moderno vaso ocidental high tech, é ainda muito encontrado em fábricas, escolas, casas e estabelecimentos antigos. O erro mais comum é agachar do lado oposto como vemos na figura abaixo.

Internet Móvel

Como usar o banheiro no Japão Como usar o banheiro no Japão

Como vimos na figura, existe lado certo para usar essa privada (washiki), onde a pessoa deve estar voltada para a parede, até porque, dessa maneira, é mais fácil para alcançar o papel higiênico. Jamais sente-se nesse tipo de vaso pois ele só deve ser usado da maneira correta, que no caso é agachado (de cócoras).

Aparentemente pode até parecer um banheiro primitivo, e na verdade o é! Mas muitos japoneses preferem este tipo de vaso ao invés dos modernos vasos tecnológicos. Acredito que os motivos sejam a questão da higiene e também pelo costume e facilidade dos japoneses de agacharem para fazer qualquer coisa.

Você já deve ter reparado que os japoneses agacham cm muita frequência, seja para fumar, para falar ao telefone, para comer, etc. Para os estrangeiros, utilizar este tipo de banheiro pode ser complicado, especialmente para quem tem dificuldades de ficar nesta posição, que embora não requeira força, requer equilíbrio.

japonês adora ficar de cócoras

Felizmente, a maioria desses tipos de vasos possuem um cano, ou ao menos a parede, onde você pode apoiar–se, caso não consiga o equilíbrio necessário. Embora pareça complicado no começo, tudo é questão de hábito e com o tempo você se acostuma e poderá até preferir este ao outro tipo de vaso.

Como usar o vaso sanitário High Tech japonês

Os vasos sanitários ocidentais do Japão podem ser de dois tipos: o comum, a que estamos já habituados e o vaso sanitário de alta tecnologia, também conhecido como “washlet”. Os Washlets são aqueles vasos que possuem um painel de controle com um monte de botões que servem para lavar as partes íntimas.

Como usar o banheiro no Japão

Alguns podem ter mais funções, mas basicamente, todos os vasos eletrônicos possuem o painel semelhante a este da foto acima. É fácil de assimilar para que serve cada botão: O primeiro botão, com o desenho de um quadrado (止), significa Pare, ou seja, serve para interromper qualquer função que tenha acionado.

O segundo, cujo desenho lembra nádegas (おしり) direciona o jato de água para trás, e o Bidet (ビデ) é usado com mais frequência pelas mulheres, já que o jato de água é direcionado para a parte frontal. Já os botões de + e – ou escritos com caracteres japoneses, servem para definir a pressão do fluxo da água.

Em alguns ainda tem o botão Dry, que quando apertado, solta um jato de ar frio, para a secagem rápida das partes íntimas.

Mas uma das melhores características dessas privadas e que chamam muita a atenção dos estrangeiros, são os seus assentos que se aquecem no inverno. São facilmente encontrados em shoppings, restaurantes, estabelecimentos gerais e até em casas japonesas.

Como vimos, não existe muito segredo para utilizar esse tipo de vaso, a não ser que seja um ultra moderno, com dezenas de funções. Nesses banheiros modernos também é comum a descarga ser acionada através de um sensor. Basta apenas aproximar a mão ao sensor e pronto… ele dá a descarga automaticamente.

Como usar o banheiro no Japão

Se você ainda não entendeu como funciona esses tipos de privadas japonesas, dá uma olhada nesse vídeo produzido por um canal do YouTube chamado How to Japan, a fim de esclarecer aos turistas como funcionam as coisas no Japão e assim não se sentirem tão perdidos ao usarem os sanitários da Terra do sol Nascente.

Algumas recomendações:

Quando vamos para outro país, seja para morar ou visitar, é importante conhecer os costumes do lugar, para evitar o “choque cultural”, nitidamente existente em dois países diferentes, como Brasil e Japão por exemplo. Veja algumas dicas para saber como funciona o uso dos banheiros no Japão.

* Alguns banheiros públicos no Japão não fornecem papel higiênico, portanto é recomendável andar sempre com um pacotinho de lenços de papel na bolsa por precaução.

* Não se esqueça que no Japão, o papel higiênico foi projetado para serem jogados no vaso sanitário, o que aliás é muito mais higiênico. Porém, nada de jogar absorventes ou outros objetos, que devem ser jogados em um lixeira comum.

* No Japão, a maior parte dos banheiros são separados da área do banho e também você poderá notar a ausência de pia. Porém, na caixa de água da descarga tem um espécie de “pia improvisada”, onde é comum as pessoas usarem para lavar as mãos. É uma maneira que os japoneses encontraram para economizar água e espaço.

* Geralmente, em banheiros públicos, há produtos próximos para desinfetá-lo antes de usar, ou até mesmo papéis descartáveis, nas quais são usados para forrar o assento, evitando assim, contato direto com a privada.

* Em alguns banheiros como em hospitais ou hotéis por exemplo, você encontrará chinelinhos (suripas). Esse chinelo, deve ser substituído pelo o que você estiver calçando, antes de você adentrar ao banheiro. Essa é uma forma japonesa de tentar manter o banheiro limpo. Também em hipótese nenhuma, deve sair do banheiro, usando esse chinelo, que é de uso exclusivo do banheiro.

* Também tem posição certa para deixar o chinelo, que é sempre com o calcanhar virado para a porta. Desta forma, a próxima pessoa que usar o banheiro, poderá facilmente colocá-los.

* Um tipo de banheiro inusitado, são os banheiros masculinos sem portas e paredes, geralmente ao ar livre, em parques e estações de trem. E o principal problema é que para chegar ao banheiro feminino, é preciso passar por este banheiro e somos obrigadas a ver um monte de homens de bunda de fora.

Como usar o banheiro no Japão

* Há banheiros em que a porta possui uma abertura embaixo, o que facilita saber se está ocupado ou não. Porém, há outros em que a porta não possui essa abertura, e para saber se tem gente ou não, dê uma leve batidinha na porta. Se alguém responder com outra batidinha, evidentemente estava ocupado.

* Uma coisa legal que achei no Japão, é a preocupação com as mamães que tem crianças pequenas. Praticamente todos os banheiros públicos tem cadeiras especiais para colocar crianças de colo, enquanto a mãe usa o banheiro. Além disso, é comum encontrar mini-mictórios e mini-sanitários nos banheiros femininos, justamente para crianças pequenas acompanhados da mãe.

Como usar o banheiro no Japão

Curiosidade: World Toilet Day

Já que estamos falando sobre banheiros, você sabia que existe o Dia Mundial do Banheiro? Pois é, este dia (19 de novembro) é conhecido como “World Toilet Day”, afinal é justo algo tão importante em nossas vidas ter também uma data especial não acham?

Imagina o que seria de nós sem os nossos preciosos banheiros? Infelizmente, essa é a realidade diária de 2,6 bilhões de pessoas, ou seja, cerca de 40% da população mundial não tem acesso a um saneamento básico adequado e estão sujeitas à diversos tipos de contaminação e infecções.