Comunidade

Qual o destino dos cães e gatos abandonados no Japão?

No Japão, os animais de estimação entram e saem de moda como as roupas, isso significa que a cada ano centenas de milhares de animais de estimação são abandonados por seus donos.

Todos os anos, milhares desses animais indesejados são levados pelo controle dos animais para enfrentam uma morte desumana por meio de câmaras de gás, que são autorizadas pelo Departamento de Saúde Pública do governo para lidar com o problema de cães e gatos abandonados.

Internet Móvel

E não são apenas os animais abandonados na rua que são enviados para lá; O Japão tem pouquíssimos abrigos de cães, então, quando alguém entrega seu animal de estimação a um “centro de bem-estar animal”, muitas vezes são as câmaras de gás onde eles acabarão. A morte por gaseificação é frequentemente um processo cruel, com animais de tamanhos diferentes recebendo a mesma exposição ao gás, o que significa que os animais maiores podem levar até 30 minutos para morrer.

De acordo com o Ministério do Meio Ambiente, em 2010, cerca de 205.000 cães e gatos foram oficialmente “abatidos” em todo o Japão. São mais de 500 animais por dia.

A “base legal para o abate” está no artigo 6, cláusula 9 da Lei de Prevenção da Raiva, que estabelece que os cães abandonados devem ser apreendidos e eliminados dentro de um determinado período de tempo se nenhum proprietário se apresentar.

Inclusive é incorporado ao Ato de Bem-Estar e Gestão de Animais, promulgado pela primeira vez em 1973, que foi mais elaborado para proteger pessoas de animais do que animais de atos de crueldade de humanos. O Artigo 35 declara que “Os governos provinciais e municipais… devem levar um gato ou cachorro quando solicitados a fazê-lo pelo dono daquele animal”. Não há provisão para como eles devem tratar o animal após tomá-lo, e assim tais animais vão direto para o abrigo de animais e depois para as caixas de gás.

Se você quiser saber mais sobre o bem-estar animal no Japão, ou ajudar a causa de alguma forma, visite os seguintes sites:

Animal Rescue Kansai – Fundada por um estrangeiro em 1990, a ARK é uma das instituições de caridade mais importantes do Japão. Japan Cat Network – Também fundada por estrangeiros, a JCN tem ajudado os gatos do Japão desde 1993.