Comportamento Turismo

Os Mais Belos Terraços de Plantações Arroz do Japão

Os terraços com plantações de arroz, chamados de Tanada (棚田) fazem parte da cultura agrícola de diversos países e durante séculos estiveram presentes nas encostas japonesas, onde foram construídos pelas famílias em troca de muito suor e trabalho. Mas, aos poucos eles estão desaparecendo da paisagem rural do Japão.

Estes cenários majestosos, também conhecidos “Farming Step” nos inspiram admiração e respeito ao belo trabalho passado de geração para geração. E por ser rodeado por montanhas por todos os lados, o Japão propicia esse tipo de cultivo de arroz em terrenos íngremes.

Internet Móvel

É um trabalho bem dispendioso, pois é praticamente tudo feito manualmente sem a utilização de tecnologias agrícolas modernas. Dizem que o plantio em um “Tanada” leva cinco vezes mais tempo do que em uma área plana. Além do tempo, tem o esforço físico dos agricultores, idosos em sua maioria.

O envelhecimento dos agricultores e a dificuldade em encontrar sucessores tem acelerado o declínio desse tipo de cultivo. Hoje em dia, com as novas tecnologias agrícolas, são poucas as pessoas que tem interesse nesse tipo rudimentar de cultivo, o que por sua vez compromete o futuro dos “Tanadas”.

O início desse declínio pode ser rastreado a partir do final da década de 1960, quando a produção de arroz superou a demanda, levando o governo a solicitar que os agricultores convertessem partes de seus campos de arroz para outras culturas. Atualmente, muitos terraços com arrozais estão sendo abandonados devido à baixa produtividade e à dificuldade de utilização de máquinas.

O governo japonês, por sua vez tem oferecido subsídios para a preservação dos “Tanadas” e incentivos para aumentar o interesse das novas gerações nesse tipo de plantio tradicional. Tem também se esforçado em promover essas áreas como atrações turísticas com o intuito de impulsionar a economia local.

Os terraços de campos de arroz tem muito mais importância do que aparenta. Além do arroz, que é a principal fonte de alimento do povo japonês, os “Tanadas”, ajudam a conter as às águas das fortes chuvas e evitar deslizamentos de terra. Também ajudam a preservar o ambiente natural e a biodiversidade, além é claro de oferecer uma paisagem rural cênica.

Com o reconhecimento do papel fundamental dos terraços de arroz em relação à sustentabilidade e biodiversidade e da importância de sua preservação, à partir da década de 1990 iniciaram-se vários projetos ecológicos e culturais em todo país, como o “Tanada Renaissance”, uma organização sem fins lucrativos.

“Tanada Renaissance” promove debates sobre a preservação desses santuários agrícolas, juntamente com 1200 agricultores, voluntários e pesquisadores. Em 1999, o Ministério da Agricultura, florestas e Pescas também criou uma lista com os “100 Melhores Terraços de Plantações de Arroz do Japão”.

Na verdade, são mais de 134 pontos de visualização espalhados em 117 municípios. Esta seleção tem como objetivo a preservação e a manutenção do maior número possível de terraços de plantações de arroz no Japão. Em junho de 2011, muitos deles tornaram-se também Patrimônios Agrícolas do país.

Deste então, entre os meses de outubro e março, muitos terraços de plantações de arroz ganharam iluminações especiais a partir do anoitecer. O objetivo é de atrair turistas para as regiões rurais do Japão. As luzes espalhadas sobre os terraços deixam o cenário simplesmente mágico e deslumbrante.

E você? O que achou dos magníficos terraços de plantações do Japão? Se quiser ver mais fotos desses locais incríveis, consulte o site do Tanada.org.jp. Neste site estão reunidos todas as belas paisagens de plantações de arroz do Japão.

Fonte: Japão em Foco