Comportamento

Uma versão contemporânea das bonecas kokeshi

A bonecas Kokeshi são uma marca registrada do Japão e foram criadas há mais de 100 anos. As bonecas originais eram simples, confeccionadas com sobras de madeira e consistiam somente no tronco e na cabeça que eram cuidadosamente pintados à mão.

Mas recentemente surgiu uma versão nova das bonecas kokeshi, criadas por Ronan e Erwan Bouroullec, dois irmãos designers franceses, para o East Japan Project, um evento organizado pelo arquiteto japonês Kengo Kuma. Nessa versão, as imóveis kokeshi ganham partes móveis que lhe proporcionam movimento.

Internet Móvel

Esses movimentos permitem que as bonecas consigam se curvar em reverência como podemos notar na imagem acima. Essa reverência retrata o cumprimento tradicional japonês que recebe o nome de “ojigi”. Esses movimentos, segundo os irmãos Bouroullec, são uma forma de dar vida às bonecas.

Além da capacidade de se mover, as kokeshi tem a cabeça mais proporcional em relação ao corpo, ao contrários das kokeshi tradicionais. Quando perguntados sobre o por que criaram esse projeto, os irmãos franceses responderam:

“Alguns anos atrás, durante uma viagem ao Japão, vimos uma exposição de figuras de animais japoneses. As pequenas estátuas tinham várias expressões e eram feitos de materiais diferentes. Ficamos admirados com a arte que são transferidas através dos tempos, de geração em geração.

Nós também somos colecionadores de livros sobre objetos populares do Japão e gostamos de ver a simplicidade e sofisticação a partir desses objetos que nos despertam paz e tranquilidade. Depois fomos trabalhar em um projeto relacionado à fabricação de kokeshis tradicionais na região de Tohoku.

E assim surgiu a ideia de criar uma boneca kokeshi com uma articulação que lhe permite movimentar-se. Basta movê-las delicadamente e as bonecas ganham vida.” Apesar da simplicidade, eu gostei muito do conceito que eles usaram na criação dessas bonecas tão silenciosas e enigmáticas.

Confira o vídeo

Fonte: Japão em Foco