Uncategorized

Imagens mostram os salarymen do Japão depois das longas jornadas semanais de 60 horas

No Japão é totalmente normal trabalhar 60 horas por semana. Indiscutivelmente, essa cultura de assiduidade existe há séculos, mas parece ter se tornado mais acentuada desde o final da Segunda Guerra Mundial. Na época, o então primeiro-ministro Shigeru Yoshida encorajou as companhias japonesas a recompensar longas jornadas de trabalho para recuperar a economia da nação.