Tecnologia

Sonda japonesa explode parte de asteroide e coleta material

Uma missão espacial japonesa teve sucesso em pousar em um asteroide chamado 162173 Ryugu e, como se não bastasse apenas atingir o astro em movimento, uma bomba foi explodida em sua superfície. A JAXA  — que é a versão japonesa da NASA — coletou os mais diversos tipos de dados do asteroide, tornando possível a criação de um mapa detalhado de sua superfície.

A nave Hayabusa2 se aproximou do asteroide e disparou um projétil que causou uma pequena explosão no astro. A espaçonave, que já estava a apenas 8,5 metros da superfície, deixou-se cair para poder coletar os pedaços extraídos do asteroide. Não é certeza que deu tudo certo e pode ser que nenhuma parte tenha sido armazenada corretamente para o retorno, mas a JAXA acredita que a missão tenha obtido sucesso.

Internet Móvel

Essa missão espacial japonesa começou ainda em 2014, quando a Hayabusa2 decolou. Ela alcançou o asteroide em junho de 2018 e vai ficar na órbita dele até dezembro de 2019. Confira no vídeo a seguir o momento em que o projétil é detonado no asteroide e a nave desde para coletar as amostras.

error: Este conteúdo está protegido!